Blog Unicamp Ano 50



Unicamp completa 50 anos com maratona de eventos

30/09/2015 - atualizado em 29/03/2016
Ítala D'Ottaviano, presidente da comissão organizadora: celebração vai levar para a comunidade eventos que mostram a marca da instituição.

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) completa 50 anos no dia 5 de outubro de 2016 e a celebração promete ter a grandeza do que a instituição representa para a América Latina.

As comemorações do cinquentenário se estenderão por 12 meses e contarão com uma série de eventos artísticos, culturais, científicos e esportivos.

A abertura oficial será no dia 5 de outubro, mas a encenação da ópera Don Giovanni — de autoria de Wolfgang Amadeus Mozart —, no Theatro Municipal de Paulínia, quarta e quinta-feiras, marca a pré-abertura do cinquentenário.

De acordo com a professora Ítala Maria Loffredo D’Ottaviano, presidente da comissão responsável pela organização dos eventos, a celebração dos 50 anos vai levar para a comunidade eventos que mostram a marca da Unicamp: qualidade no ensino, qualidade na pesquisa e compromisso social.

Entre os destaques da programação estão os "Colóquios Unicamp ano 50 — de professor para professor" , em que docentes da Unicamp irão discutir temas contemporâneos com professores dos Ensinos Fundamental e Médio.

Ela ressalta que a universidade escolheu fazer a pré-abertura das comemorações com arte. A ópera Don Giovanni será apresentada às 20h desta quarta e quinta-feiras no Theatro Municipal de Paulínia e terá entrada franca.

"Achamos que abrir as solenidades com ópera mostrava a que veio à Unicamp como universidade original e inovadora no cenário latino-americano" , disse Ítala. Ela ressalta que esta é a primeira vez que a universidade apresenta uma ópera montada, dirigida e ensaiada por alunos e professores.

Na abertura oficial (05 de outubro), após solenidade presidida pelo reitor José Tadeu Jorge, no auditório da Faculdade de Ciências Médicas (FCM), haverá a apresentação do espetáculo músico-teatral intitulado Concertato, que reunirá a Orquestra Sinfônica da Unicamp e os atores do Núcleo Interdisciplinar de Pesquisas Teatrais (Lume).

"É um concerto em que os clowns interagem com a orquestra e onde a música se torna algo mais acessível porque tem elementos visuais e movimento dentro do palco. Então não é aquela coisa séria de um concerto de sinfônica" , afirmou a maestrina da Orquestra Sinfônica da Unicamp, Cinthia Alireti.


Evento

O evento "Perspectivas Unicamp 50 anos, da universidade para a sociedade" promete discussões ricas e debates "acalorados".

Wilson Cano, coordenador do Perspectivas, explica que pesquisadores e conhecedores profundos irão analisar questões da atualidade, como a política nacional; clima, ambiente, água e energia; geopolítica, economia, entre outros, e traçar um prognóstico. "Cada um dos participantes que está na mesa vai fazer um quadro de como está aquele fenômeno e tentar olhar no futuro para fazer um prognóstico, ou perspectivas de como ele julga que estará", explicou.

Ítala ressaltou a importância e missão da Unicamp nesses 50 anos e desafios para os próximos 50."Tudo que a universidade faz no seu ensino, na sua pesquisa, na busca de soluções para problemas da contemporaneidade, está centrado no serviço que ela tem que prestar para sociedade, fundamentalmente na formação de um cidadão responsável e na contribuição para a fraternidade nacional e dos povos", completou.

A programação completa do cinquentenário da Unicamp está disponível no site: www.50anos.unicamp.br

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) realiza dentro de sua programação do cinquentenário o evento "Colóquios - Unicamp Ano 50 - de professor para professor".

De acordo com a coordenadora, Celene Margarida Cruz, o evento tem como objetivo aproximar os docentes da universidade de professores dos ensinos Médio e Fundamental, por meio de debates e palestras sobre temas e assuntos contemporâneos relevantes para a educação, as artes, a ciência e a cultura.

Os colóquios terão início no dia 24 de outubro com a palestra Universidade e Ensino, que conta com a participação do professor José Tadeu Jorge. No dia 28 de novembro, a palestra será sobre Lógica e pensamento crítico.

Os colóquios serão retomados no dia 12 de março de 2016 com a palestra Os espaços da leitura e da escrita: desafios de um mundo conectado. Outros temas atuais como políticas públicas e segurança alimentar, universidade e sociedade também estarão presentes nas palestras.

O objetivo, segundo ela, é trocar ideias sobre esses temas de forma coloquial.

"Procurei selecionar os assuntos atuais para que os professores da rede Fundamental e Média possam aprofundar seus conhecimentos", afirmou Celene. As palestras terão início às 8h30 e o encerramento será sempre às 13h.

As inscrições para o evento são gratuitas e obrigatórias para cada um dos colóquios, de acordo com períodos especificados pela organização. Haverá certificados on-line para cada colóquio. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail: coloquiosano50@reitoria.unicamp.br ou pelo site www.50anos.unicamp.br

Correio Popular

Fonte: Correio Popular

Leia mais




Comentários

comments powered by Disqus

Voltar