Blog Unicamp Ano 50



Orquestra Sinfônica da Unicamp apresenta ‘Empresário teatral

Ópera no Castro Mendes abriu a programação de eventos Unicamp Ano 50 para 2016

03/03/2016 - atualizado em 29/03/2016
Foto: Antoninho Perri

Por Mozart, cantores viram atores no palco do Castro Mendes para interpretar personagens da ópera “O empresário teatral” (1786), que abriu a programação de eventos Unicamp Ano 50 para 2016. Alunos dos cursos de graduação e pós-graduação do Departamento de Música, eles interpretaram, em texto atual do diretor cênico André Saboya, o que se pode chamar de o encontro desafiador entre o belo e o comercial. Vale a pena conferir nesta quinta-feira, às 19 horas, na Faculdade de Ciências Médicas (FCM), a repetição deste concerto da Orquestra Sinfônica da Unicamp com os musicistas do Instituto de Artes.

Se no século 18, Wolfgang Amadeus Mozart escreveu a peça (singspiel) alemã para competir com a ópera italiana Prima la musica e poi le parole (Primeiro a música e depois a palavra), de Antonio Salieri, no palco do Castro Mendes ficou fácil reconhecer a crítica de Saboya à desvalorização do belo. Sem perder, porém, o aspecto cômico de mais uma obra de Mozart e momentos picantes do escritor e jornalista Nelson Rodrigues.

Alguns dos solistas já ofereceram seu talento às comemorações da Unicamp ao atuar na obra do compositor austríaco Don Giovanni, na abertura da programação de 2015. Daniel Duarte emendou graduação e mestrado e, com isso, pode participar de mais uma peça dentro das festividades. “Fiquei para mais esta peça e é uma honra porque o trabalho é excelente e o pessoal é muito dedicado. É muito importante a orquestra ser aberta para atuar com cantores alunos.” Segundo Duarte, muitas universidades não têm orquestra, e os cantores são acompanhados por um ou poucos instrumentos.

A soprano Ana Carolina Marchi, colega de Duarte no Centro de Ensino de Música Litúrgica da Arquidiocese de Campinas (Cemulc), compartilha da mesma opinião. “É muito difícil fazer ópera e a Unicamp conseguiu reunir tudo o que precisa. É uma experiência diferente cantar no Castro Mendes com orquestra. É muito importante a oportunidade que o Ângelo nos dá.”

No segundo ano de licenciatura e ingressante na classe de canto, Ramon Nascimento Mundim já experimentou, nesta quarta-feira, a satisfação de participar de uma grande ópera num evento importante na jovem Unicamp.

Para a doutoranda em música Juliana Melleiro, representar a Unicamp na abertura de temporada da OSU e de comemorações dos 50 anos é motivo de orgulho. “É uma grande comemoração para uma universidade grande, que merece festejar. Acho que a representamos à altura.”

A proposta de Saboya recebeu destaque nas declarações da maestrina Cinthia Alireti. “Adorei a versão do André Saboya. Ele tem algo especial como diretor de cena, além da musicalidade e do trabalho sério que desenvolve. Ele é jovial e traz novas interpretações atuais para escritas antigos, como o de Mozart.” A regente acrescentou que, a cada dia, a OSU cria sensibilidade importante para ópera.

De acordo com o professor de canto do Instituto de Artes, Angelo Fernandes, as óperas proporcionam aos alunos uma vivência artística de alto nível técnico e musical, por meio do Ópera Estúdio.

Para a coordenadora-geral do Unicamp Ano 50, professora Ítala Maria Loffredo D’Ottaviano, é emocionante poder contar com óperas totalmente produzidas pela Universidade nas festividades. “Os alunos cantores surpreendem a cada apresentação. O professor Angelo e os alunos estão de parabéns”, ressalta. Ítala acrescenta que outras apresentações da orquestra com o Ópera Estúdio estão previstas na programação até outubro deste ano.

Fonte: Portal da Unicamp

Fonte: Portal da Unicamp

Galeria de fotos

Orquestra Sinfônica da Unicamp apresenta ‘Empresário teatral', de Mozart. Ópera no Castro Mendes abriu a programação de eventos Unicamp Ano 50 para 2016 (Antoninho Perri) 1-7
Orquestra Sinfônica da Unicamp apresenta ‘Empresário teatral', de Mozart. Ópera no Castro Mendes abriu a programação de eventos Unicamp Ano 50 para 2016. (Antoninho Perri) 2-7
Orquestra Sinfônica da Unicamp apresenta ‘Empresário teatral', de Mozart. Ópera no Castro Mendes abriu a programação de eventos Unicamp Ano 50 para 2016. (Antoninho Perri) 3-7
Orquestra Sinfônica da Unicamp apresenta ‘Empresário teatral', de Mozart. Ópera no Castro Mendes abriu a programação de eventos Unicamp Ano 50 para 2016 (Antoninho Perri) 4-7
Orquestra Sinfônica da Unicamp apresenta ‘Empresário teatral', de Mozart. Ópera no Castro Mendes abriu a programação de eventos Unicamp Ano 50 para 2016 (Antoninho Perri) 5-7
Orquestra Sinfônica da Unicamp apresenta ‘Empresário teatral', de Mozart. Ópera no Castro Mendes abriu a programação de eventos Unicamp Ano 50 para 2016 (Antoninho Perri) 6-7
Ítala Maria Loffredo D’Ottaviano, coordenadora do Unicamp Ano 50, "é emocionante poder contar com óperas totalmente produzidas pela Universidade nas festividades. Os alunos cantores surpreendem a cada apresentação. O professor Angelo e os alunos estão de parabéns”. (Antoninho Perri) 7-7

Leia mais




Comentários

comments powered by Disqus

Voltar