Programação



Perspectivas

Balanço das Políticas Sociais no Brasil II: Educação


Serão analisadas a cobertura da educação básica, principais problemas causadores da má qualidade do ensino e a recente proposta do governo federal, a “Pátria Educadora”. Na mesa da tarde, serão discutidas a cobertura geral e por áreas específicas da Educação Superior, financiamento e privatização; o ensino e pesquisa, e o ensino sem pesquisa; a alienação e “produtivismo” na universidade.

Programação





9h às 12h

Educação Básica: a persistência da má qualidade?


Serão analisadas a cobertura da educação básica, principais problemas causadores da má qualidade do ensino e a recente proposta do governo federal, a “Pátria Educadora”.



Integrantes



Prof. Dr. Luiz Carlos de Freitas – Coordenador (UNICAMP/FE)
Pedagogo pela PUC-Campinas (1970), Mestre (1974) em Educação pela Universidad Catolica de Chile, Doutor em Ciências (Psicologia Experimental,1987) pela USP. Livre Docente (1996) e Pós-Doutorado na USP. Fez estudos complementares sobre teoria pedagógica em Moscou. Atualmente é Professor Titular da Faculdade de Educação (FE) da UNICAMP. Atua na área de educação, com ênfase em avaliação da aprendizagem e de sistemas.

Prof. Dr. Romualdo Luiz Portela de Oliveira (USP/FE)
Licenciatura em Matemática (1982), Mestre (1990), Doutor (1995) e Livre Docente (2006), todos na USP. Realizou Pós-doutoramento na Cornell University (1996-1997). Consultor do Laboratório Latino-Americano de Avaliação da Qualidade da Educação (LLECE), Orealc-Unesco, Santiago do Chile (2004-2005). Entre dezembro de 2012 e fevereiro de 2013, foi pesquisador visitante junto à University of Maryland (Programa de Educação Internacional e Comparada). Atualmente é professor Titular no Departamento de Administração Escolar e Economia da Educação, da Faculdade de Educação da USP. Tem grande experiência, principalmente nos temas: políticas educacionais, financiamento da educação, avaliação educacional, administração escolar e direito à educação.

Prof. Dr. Antônio Ibañez Ruiz (MEC)
Engenheiro Mecânico pela USP (1966), Mestre pela UFRJ/ COPPE (1972) e Doutor pela University of Birmingham, Inglaterra (1977). É professor da UnB desde 1967. Foi Reitor de 1989 a 1993, Secretário de Educação do Distrito Federal (1995-1998), Secretário Nacional de Ensino Médio e Tecnológico (2003-2005), Conselheiro da Câmara de Educação Básica do Conselho Nacional de Educação (2005-2008). Atualmente é Secretário Executivo Substituto e Chefe da Assessoria do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico do MCT.

Profa. Dra. Elizabeth Balbachevsky (USP/FFLCH e UNICAMP/PENSES)
Possui graduação em Ciências Sociais pela USP, Mestrado em Ciências Sociais pela PUC-SP, doutorado em Ciência Política pela USP. É livre-docente pelo Departamento de Ciência Política da USP e Professora Associada do mesmo Departamento. Desenvolve pesquisas na área de políticas de ciência, inovação e ensino superior, além de estudos na área de comportamento político. É Vice-Coordenadora do Núcleo de Pesquisa sobre Políticas Públicas (NUPPs/USP), e associada ao Higher Education Group (HEG), Universidade de Tampere, Finlândia. É Membro do Comitê Científico do Programa de Mestrado Europeu em Pesquisa e Inovação em Ensino Superior (MARIHE - Master Program in Research and Innovation in Higher Education). É editora regional para América Latina da nova Encyclopedia of Higher Education. Entre 2005 e 2006 foi bolsista da Fundação Fulbright. Em 2007 passou a integrar a rede internacional de pesquisa The Changing Academic Profession - CAP Project. Coordena, junto com o Prof. Timo Arrevaara (Universidade de Helsinki) e o Prof. Jung Cheol Shin (Universidade Nacional da Coréia), o novo projeto da Rede CAP, voltado para o estudo comparado dos impactos da sociedade do conhecimento nas dinâmicas internas das universidades.


14h às 18h

Ensino Superior: produtivismo e alienação acadêmica


Nesta mesa serão discutidas a cobertura geral e por áreas específicas da Educação Superior, financiamento e privatização; o ensino e pesquisa, e o ensino sem pesquisa; a alienação e “produtivismo” na universidade.


Integrantes


Prof. Dr. Aníbal Eugênio Vercesi – Coordenador (UNICAMP/FCM)
Médico (1972) e Doutor (1974) em Bioquímica pela UNICAMP. Pós-doutorado pela Johns Hopkins University, School of Medicine (1979-1980). Adjunct Professor of Microbiology, University of Illinois (1991-2000). Membro da Academia Brasileira de Ciências. Comendador da Ordem Nacional do Mérito Científico. Presidente da Sociedade Brasileira de Bioquímica (2004-2006). Atualmente é Professor Titular de Bioquímica da UNICAMP. Desenvolve pesquisas em metabolismo e bioenergética mitocondrial, homeostase de íons, estresse oxidativo em protozoários, fungos, plantas e mamíferos. Ganhou o Prêmio Scopus Brasil (2008).

Prof. Dr. Thomaz Wood Jr. (FGV)
Engenheiro Químico pela UNICAMP (1982). Mestre (1992) e Doutor (1998) em Administração de Empresas pela FGV-EAESP. Foi pesquisador visitante na New York University em 1994-1995. Foi editor da Revista de Administração de Empresas, de 2000 a 2004. Atualmente é Professor Titular da Fundação Getúlio Vargas-SP, onde coordena o GVpesquisa. Tem experiência na área de administração, com ênfase em estratégia e estudos organizacionais, indústrias criativas e impacto social do conhecimento.

Prof. Dr. Carlos Henrique de Brito Cruz (UNICAMP/IFGW e FAPESP)
Engenheiro Eletrônico pelo ITA (1978). Mestre em Ciências e Doutor em Ciências pelo Instituto de Física Gleb Wataghin (IFGW) da UNICAMP. Foi pesquisador visitante do Istituto Italo Latino Americano na Universitá degli Studi, di Roma, pesquisador visitante na Université Pierre et Marie Curie, Paris, e visitante residente nos Bell Laboratories da AT&T, em Holmdel e em Murray Hill, New Jersey. Suas áreas de pesquisa são fenômenos ultrarrápidos com lasers de pulsos ultracurtos, com ênfase no estudo de processos eletrônicos em escala de tempo de femtossegundos em materiais ópticamente não lineares, voltados a aplicações em comunicações ópticas. Foi Diretor do IF/UNICAMP, Pró-Reitor de Pesquisa (1994-1998) e Reitor da UNICAMP (2002-2005). Foi Vice-Presidente da Sociedade Brasileira de Física e membro do Comitê Consultivo Internacional da Optical Society of América. Desde 2000 é membro da Academia Brasileira de Ciências. Presidiu a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) (1996-2002). É Professor Titular do Instituto de Física da Unicamp e Diretor Científico da FAPESP desde 2005.

Prof. Dr. Valdemar Sguissardi (UNIMEP)
Licenciado em Filosofia pela Universidade Regional do Noroeste, RS (1966), Mestrado (1972) e Doutorado (1976) em Sciences de l’Éducation, pela Université Paris X, Nanterre. Professor Titular aposentado da UFSCAR (1992) e professor aposentado da UNIMEP(2010). Tem grande experiência em fundamentos da educação, atuando principalmente nos seguintes temas: educação superior, política de educação superior, reforma da educação superior, o público e privado na educação superior.

Prof. Dr. Luiz Carlos Wrobel (Brunel University, Grã-Bretanha)
Possui graduação em Engenharia Civil pela UFF (1974), Mestrado em Engenharia Civil (Estruturas) pela COPPE/UFRJ (1977) e Doutorado em Engenharia Civil pela University of Southampton, Inglaterra (1981). Atualmente, é Professor Titular do College of Engineering, Design and Physical Sciences and Director do Institute for Materials and Manufacturing da Brunel University, London. Tem experiência na área de métodos computacionais em engenharia, com ênfase nos métodos dos elementos de contorno e dos elementos finitos, aplicados a problemas de transferência de calor, mecânica dos fluidos, acústica, corrosão e engenharia biomédica.

Prof. Dr. Jorge Olímpio Bento (Universidade do Porto, Portugal)
Licenciatura em Educação Física (1972) pelo antigo INEF de Lisboa; Doutor em Pedagogia (1982) pela Greifswald Universität, Alemanha. Professor Catedrático desde 1993 da Faculdade de Desporto da Universidade Porto, onde foi Presidente do Conselho Científico (1986-1996) e é Diretor desde 2000. Foi Pró-Reitor da Universidade do Porto (1995-1998). Doutor Honoris Causa pela Universidade Federal do Amazonas (2007) e pela Kasetsart University, Bangkok (2012). Tem uma extensão produção acadêmica. Recebeu as seguintes honrarias: Comendador da Ordem do Rio Branco (1996); Medalha de Bons Serviços Desportivos, atribuída pela Secretaria de Estado do Desporto de Portugal (2004); Medalha de Ouro, Real Hospital Português de Beneficência de Pernambuco (2007).

AGENDE-SE

Quando: 28 de abril de 2016
Horário: 9h - 18h
Local: Centro de Convenções da Unicamp
O que: Mesas Redondas


Comentários

comments powered by Disqus

AGENDA

Voltar