Programação



ARTE&CULTURA

Orquestra Sinfônica executa obras de Bach no Teatro Vitória em Limeira


A Orquestra Sinfônica da Unicamp (OSU), em conjunto com o Núcleo Regional em Campinas do Instituto de Arquitetos do Brasil, apresenta o Projeto "Identidade música e arquitetura: cordas, arcos e virtuosismo nas obras para violino solo de J. S. Bach". Será no dia 18 de maio, às 19 horas, na Capela Nossa Senhora da Boa Morte da Santa Casa de Campinas. No dia 19, às 19 horas, a OSU reapresenta-se no auditório da Faculdade de Ciências Médicas (FCM). No dia 20 é a vez do Teatro Vitória, em Limeira-SP, receber a Sinfônica. A apresentação acontece às 20 horas. O concerto de Limeira está inserido nas comemorações dos 50 anos da Unicamp.

A Orquestra Sinfônica da Unicamp (OSU), em conjunto com o Núcleo Regional em Campinas do Instituto de Arquitetos do Brasil, apresenta o Projeto "Identidade música e arquitetura: cordas, arcos e virtuosismo nas obras para violino solo de J. S. Bach".

Será no dia 18 de maio, às 19 horas, na Capela Nossa Senhora da Boa Morte da Santa Casa de Campinas. No dia 19, às 19 horas, a OSU reapresenta-se no auditório da Faculdade de Ciências Médicas (FCM).

No dia 20 é a vez do Teatro Vitória, em Limeira-SP, receber a Sinfônica. A apresentação acontece às 20 horas. O concerto de Limeira está inserido nas comemorações dos 50 anos da Unicamp.

Apesar da grande importância dos concertos BWV 1041 em lá menor, e BWV 1042 em mi maior no repertório violinístico, sua popularidade é relativamente recente. Somente por volta de 1850, cem anos após a morte de J. S. Bach, é que aparecem as primeiras versões impressas. Ele próprio era um excelente instrumentista, e este conhecimento prático é perceptível em cada uma de suas notas na partitura. Não há razões para supor-se que eles tenham sido escritos como um par. Entretanto, de certa maneira, eles se complementam magnificamente um ao outro. Sendo que boa parte das versões originais dos concertos para cravo permanecem desconhecidas, e sua instrumentação assunto para conjecturas, o concerto BWV 1056R é também muito conhecido pela sua versão para cravo em fá menor. Na sua forma original ele pode estar entre os primeiros concertos escritos por Bach no seu período em Köthen (1717-1723). Seu charmoso segundo movimento, Bach o utilizou como uma introdução na sua Cantata n. 156.

AGENDE-SE

Quando: 20 de maio de 2016
Horário: 20 horas
Local: Teatro Vitória, em Limeira-SP
O que: Concerto


Comentários

comments powered by Disqus

AGENDA

Voltar